Paz

Anseio e necessidade do humano. Marca das soluções e questões bem resolvidas. Sonho acalentado e nem sempre possível. Horizonte que a humanidade perdeu. Utopia necessária para quem ainda crê no homem. Desejo e prática proposta por Jesus a todos os que buscam ser felizes e não tem medo de buscar a felicidade.
Ainda é tempo de crer no “shalom”, na compreensão de plenitude de todos os bens para todas as situações de todos os povos e nações. Cremos que a palavra “dou-vos a minha paz” é para ti e para mim. O convite é traduzir nas práticas e gestos do cotidiano, nas relações do trabalho, da família, da fé, no trânsito, no universo de todas as agendas de todos nós.
Construção solidária da cultura da paz é sempre um projeto possível.
Com carinho

Pe. Zé

Posted by | View Post | View Group

Deixe uma resposta